Catálogo: Caymmi, inventor da Bahia

A FASE 78 RPM

A01 - 78 RPM, 1939 - CARMEN MIRANDA DORIVAL CAYMMI O QUE E QUE A BAIANA TEM?/A PRETA DO ACARAJÉ ODEON 11710

Abril de 1939 - primeira gravacao de Caymmi.

Estréia de Dorival Caymmi em disco, gravado com Carmen Miranda, em 1939, quando Caymmi tinha apenas 24 anos de idade, disco de 78 rotações. Acompanhados pelo regional da rádio Mayrink Veiga, que incluía Garoto, Laurindo de Almeida e o pistonista Antonio Sergi, que introduziu uma pitada caribenha que, conforme acha Caymmi, descaracterizou um pouco o samba.

A02 - 78 RPM, 1939 - CARMEN MIRANDA - RODA PIAO ODEON 11751 part DORIVAL CAYMMI
Antes de partir para o exterior, Carmen ainda gravaria com Caymmi, na véspera deste completar 25 anos, o samba "Roda Pião", do baiano, para o seu disco da Odeon de número 11751. O disco veio a ser lançado em agosto.

A03 - FOTO  - CARMEN MIRANDA - FOTOGRAFIA
Caymmi grava com Carmen Miranda "O que é que a Baiana tem", e boa parte do sucesso obtido por esta canção é o que atrai os olhos da Broadway para a cantora, em cartaz no Cassino da Urca, no Rio de Janeiro, naquele verão de 1939.

A04 - REVISTA - CATALOGO DA MOSTRA RETROSPECTIVA CARMEN MIRANDA 1972
Catálogo da Mostra "Retrospectiva Carmen Miranda", de 1972, organizada pelo Museu Carmen Miranda, do Rio de Janeiro.

A05 - FOTO - CARMEN MIRANDA FOTOGRAFIA DE MUSICAL
Anos depois, nos musicais feitos para Hollywood, Carmen ainda mantém a herança do torço, que a fez conhecida como "the lady in the tutti-frutti hat" (a senhora do chapéu tutti-frutti).

A06 - POSTER, 1944 - VOCE JA FOI A BAHIA POSTER DORIVAL CAYMMI
É de Caymmi a canção de parte do filme de Disney de 1944, "The Three Caballeros", que no Brasil tornou-se "Você já foi à Bahia?", mesmo nome da canção de Caymmi.

B01 - 78 RPM, 1939 - DORIVAL CAYMMI - Rainha do mar / Promessa de pescador Odeon 11760
Odeon - 11.760 (1939)

Primeiro disco de Dorival Caymmi. 

B02 - 78 RPM, 1940 - DORIVAL CAYMMI - O mar / O mar (parte 2) Columbia 55247
Esta é a primeira gravação que Dorival fez da que consta como sendo sua canção favorita. De fato, é uma canção aparentemente simples, mas com uma enorme força do drama humano, do cotidiano ao enorme do fim.

B03 - CARTAO POSTAL,  - CAIS CAYRU VELHA BAHIA 

A vida voltada para o mar na Bahia na primeira metade do século passado.

B04 - CARTAO POSTAL,  - RIO DE JANEIRO ANTIGO BOTAFOGO 

O glamour da capital federal durante o auge da carreira de Caymmi como cantor da noite.

B06 - 78 RPM, 1941 - DORIVAL CAYMMI - A jangada voltou só / É doce morrer no mar Columbia 55304
Aqui, o amigo Jorge Amado se junta como co-autor. Mais canções praieiras de dramas profundos.

C02 - 78 RPM, 1947 - DORIVAL CAYMMI - MARINA / LA VEM A BAIANA
Agosto de 1947 

RCA Victor - 80-0536

C03 - CARTAO POSTAL,  - RIO DE JANEIRO ANTIGO  FOTO COPACABANA
A praia de Copacabana, junto à qual ele veio morar a maior parte do tempo, desde os anos 50. Ali fica também o Copacabana Palace, hotel da família do seu amigo e parceiro, Carlinhos Guinle. Caymmi mora ainda hoje numa transversal da rua da praia, a três quadras do mar.

C04 - 78 RPM, 1948 - DORIVAL CAYMMI - Cantiga / Sodade Matadeira RCA Victor 800585
Maio de 1948

RCA Victor - 80-0585 

C05 - 78 RPM, 1949 - DORIVAL CAYMMI - Festa de Rua / O Vento RCA Victor 800596
Julho de 1949

RCA Victor - 80-0596 (1949)

DISCOGRAFIA EM LONG-PLAY

D01 - 10", 1954 - DORIVAL CAYMMI - CANCOES PRAIEIRAS
1954, Odeon LDS-3004 

D02 - 10", 1955 - DORIVAL CAYMMI - SAMBAS
1955, Odeon MODB 3028 

D03 - 10", 1957 - DORIVAL CAYMMI - EU VOU PRA MARACANGALHA

D04 - 10", 1958 - DORIVAL CAYMMI - CANTO DE AMOR À BAHIA E QUATRO ACALANTOS PARA GABRIELA
Reportagem poética de Jorge Amado publicada na revista Manchete. Dorival faz "ilustração musical" para a narrativa. A capa tem fotografia de Pierre Verger.

E01 - LP, 1958 - DORIVAL CAYMMI - CAYMMI E O MAR - MOFB 3011

E02 - LP, 1958 - DORIVAL CAYMMI & ARY BARROSO - ARY CAYMMI & DORIVAL BARROSO
Álbum no qual os dois grandes compositores tocam a obra um do outro. Teve versão com orquestra mais tarde, na série Evento, de Aloysio de Oliveira.

E03 - LP, 1959 - DORIVAL CAYMMI - CAYMMI E SEU VIOLAO
1959, Odeon, MOFB 3093 

E04 - LP, 1960 - DORIVAL CAYMMI - EU NAO TENHO ONDE MORAR

E05 - LP, 1964 - DORIVAL CAYMMI - CAYMMI VISITA TOM - ELENCO ME 17

E06 - LP, 1965 - DORIVAL CAYMMI - Caymmi (KAI-EE-ME) and The Girls From Bahia
Caymmi (KAI-EE-ME) and The Girls From Bahia

1965, Warner Bros - 1614

E07 - LP, 1967 - DORIVAL CAYMMI - MOFB 364
Edição brasileira do disco lançado em 1965 nos Estados Unidos, Caymmi (KAI-EE-ME) and The Girls From Bahia

E08 - LP, 1967 - DORIVAL CAYMMI & VINICIUS DE MORAES - VINICIUS / CAYMMI - NO ZUM ZUM - SERIE ELENCO
1967, Elenco ME-23, 

F03 - 7", 1976 - DORIVAL CAYMMI - Dorival é Nacional
1976 - Dorival é Nacional 

Boa Terra, Boa Gente (Dorival Caymmi) Música Composta e Gravada especialmente para o lançamento do cigarro Nacional Magnus. 

F04 - LP, 1984 - DORIVAL CAYMMI - CAYMMI SETENTA ANOS FUNARTE
Fundação Nacional de Arte 1984 - Funarte/MEC, EE84003 

F05 - LP, 1985 - DORIVAL CAYMMI - SOM IMAGEM MAGIA
Contendo o LP "Caymmi", esta edição limitada e de distribuição restrita, promocional da Fundação Odebrecht que integrava o projeto "Caymmi Som Imagem Magia" foi lançada em 1984, e este disco além de canções traz depoimentos de Caetano Veloso, Tom Jobim, Carybé e Jorge Amado, e ainda uma composição de Radamés Gnattali sobre temas de Caymmi.

F06 - LP, 1986 - DORIVAL CAYMMI - CAYMMIS GRANDES AMIGOS - NANA DORI E DANILO CAYMMI / PARTICIPACAO DE DORIVAL
EMI 31C 064.422.963

DESTAQUES & AUTOGRAFADOS

G01 - 10", 1953 - JACQUES KLEIN INTERPRETA DORIVAL CAYMMI 

Long-play onde o pianista Jacques Klein toca a obra de Caymmi. Autografado por ambos.

G04 - LIVRO, 1947 - CANCIONEIRO DA BAHIA - DORIVAL CAYMMI - PRIMEIRA EDICAO AUTOGRAFADO
Primeira edição do Cancioneiro da Bahia. Primeiro songbook do Brasil, lançado em 1947, e autografado neste mesmo ano.

FONOGRAMAS ALÉM DA DISCOGRAFIA PRÓPRIA

(participações especiais e reedições)

H01 - LP, 1977 - SITIO DO PICAPAU AMARELO - CAYMMI VA
Na extraordinária trilha sonora "Sitio do Picapau Amarelo", entre outros grandes nomes da música brasileira, Dorival Caymmi canta "Tia Nastácia". Marcou a infância de toda uma geração, que é uma re-edição adaptando o tema para a história de Monteiro Lobato do que originalmente era “História pro Sinhozinho”, onde a personagem que contava histórias é “Sinhá Zefa”, e faz parte do passado de Caymmi, inclusive nas citações um tanto quanto misteriosas: “peixe é esse, e “mutum manguenem” é a coca do mato”guenem guenem”

H02 - CD, 1975 - ESCRAVA ISAURA / VEJO A LUA NO CEU / A SOMBRA DOS LARANJAIS
Para a novela "Escrava Isaura", Dorival compôs "Retirantes", que fez um enorme sucesso. Em 1975.

H03 - CD, 1984 - DORIVAL CAYMMI - CAYMMI INEDITO
Caymmi - Inédito - Esta é uma re-edição em CD do disco da caixa Caymmi Som e Magia, da Odebrecht. 

Universal - UMD 51015

H04 - CD, 1994 - DORIVAL CAYMMI - CAYMMI IN BAHIA
Caymmi in Bahia - Esta é uma re-edição em CD do disco Caymmi 70 anos, 1994, Polygram - M 522041 2

H05 - LP, 1975 - TENDA DOS MILAGRES
Em “Tenda dos Milagres”, a única gravação de “Afoxé” por Dorival.

H06 - LP, 1994 - DORIVAL CAYMMI - CAYMMI EM FAMILIA
(Som Livre, 1994) - 400.1256 .

H07 - LP, 1962 - Recordando Carlinhos Guinle FT DORIVAL CAYMMI VA
Recordando Carlinhos Guinle, 1962, Phillips Brasil P 632 116 L. Um disco disputadíssimo entre colecionadores de bossa nova pelo mundo, este LP foi uma homenagem a Carlinhos Guinle, e Caymmi canta aqui em fonograma inédito.

H09 - LP, 1994 - TOM JOBIM - ANTONIO BRASILEIRO part. Esp. CAYMMI

9 Maricotinha (Dorival Caymmi) Participação: Dorival Caymmi

H10 - CD, 1994 - Elis Regina - No Fino da Bossa 1

Caymmi é convidado. La Vem a Baiana / Saudades da Bahia / Das Rosas

H11 - CD, 1987 - TOM JOBIM - INEDITO
Neste álbum, a versão de Samba do Avião tem uma introdução que, de acordo com a neta de Dorival, sua biógrafa Stella Maris, seria uma parceria de Tom com o seu avô.

H12 - CD, 1999 - ADRIANA CALCANHOTO - MARITMO
Caymmi faz participação especial na sua canção no disco de Adriana Calcanhoto - Maritmo. 

04. Quem Vem pra Beira Do Mar 

I05 - LP, 1974 - DORIVAL CAYMMI & ARY BARROSO - ARY CAYMMI DORIVAL BARROSO
Esta versão introduz orquestra na versão original do mesmo disco.

I06 - CD,  - Aldir Blanc - 50 Anos
No disco comemorativo de Aldir Blanc, a apresentação é de Dorival Caymmi, seu amigo e admirador. 

HOMENAGENS

I07 - LP, 1983 - CAYMMI JOBIM GNATALLI FRANCISCO MIGNONE PREMIO SHELL
FRANCISCO MIGNONE/ANTONIO CARLOS JOBIM/RADAMÉS GNATALLI & DORIVAL CAYMMI - "PRÊMIO SHELL PARA A MÚSICA BRASILEIRA" SHELL, 1983 

I08 - LP, 1986 – TROFEU CAYMMI
O nome de Caymmi é dado ao prêmio mais importante da música da Bahia nos anos 80.

I09 - CD,  - GILBERTO GIL - PARABOLICAMARA
Dorival Caymmi suscita muitas homenagens, como na canção “Buda Nagô”, gravada em “Parabolicamará”, de Gilberto Gil. 

I10 - CD, 2007 - ANDRE LUIZ OLIVEIRA - SER FA
O Poeta do Mar

Na exposição “Caymmi, Inventor da Bahia”, na midialouca, em 2006, trouxemos a mais nova homenagem a Dorival, a canção “Poeta do Mar”, feita para o do disco “Ser Fã”, de André Luiz Oliveira, cantor, compositor (dos discos “Mensagem” 1 e 2, baseados na obra de Fernando Pessoa) e diretor de cinema (autor, entre outros, de “Meteorango Kid, O Herói Intergaláctico”, de 1969).

André Luiz, tendo tomado conhecimento da montagem desta exposição na midialouca, nos escreveu enviando a sua canção, que gostaria de ver divulgada na ocasião do aniversario de Caymmi, participando também desta celebração junto conosco. 

“SEGUE A MÚSICA POETA DO MAR EM HOMENAGEM A CAYMMI QUE ESTÁ NO MEU ÚLTIMO CD AINDA INÉDITO CHAMADO SER FÃ. POR FAVOR DIVULGUE NO DIA DO SEU ANIVERSÁRIO. VIVA CAYMMI! UM ABRAÇO DO ANDRÉ LUIZ OLIVEIRA”

I11 - LP, 1967 - 3° FESTIVAL INTERNACIONAL DA CANCAO - VOL 3
Gilberto Gil leva ao festival a canção "Domingo no Parque", para a qual ele foi buscar inspiração em Caymmi, segundo ele mesmo conta.

I11 - CD, 2007 - CARLINHOS BROWN - A GENTE AINDA NAO SONHOU
O mais novo disco da mais nova geração de talentos da Bahia também traz uma homenagem ao velho Algodão. "Marina dos Mares" é dedicada a Caymmi.

INFLUÊNCIAS

J01 - LP, 1959 - JOAO GILBERTO - CHEGA DE SAUDADE MONO
1959, Odeon MOFB 3073

8 Rosa morena (Dorival Caymmi)

J02 - LP, 1960 - JOAO GILBERTO - O AMOR, O SORRISO E A FLOR MOFB3151
1960, Odeon, MOFB 3151 

2 Doralice (Antônio Almeida - Dorival Caymmi)

J03 - LP, 1961 - JOAO GILBERTO - JOAO GILBERTO MOFB 3202
1961, Odeon

1 Samba da minha terra (Dorival Caymmi)

4 Saudade da Bahia (Dorival Caymmi)

J04 - LP, 1982 - CAETANO VELOSO - CORES, NOMES

5 Coqueiro de Itapoã (Dorival Caymmi)

CAYMMI EM EDIÇÕES ESTRANGEIRAS

J05 - 7", 1965 - ANDY WILLIAMS - AND ROSES AND ROSES (CAYMMI)/
Andy Williams e seu grande êxito em 1965: "... And Roses and Roses" (Caymmi)

J06 - 7", 1974 - ELSA BAEZA - THE END OF THE WORLD "EL FINAL"/SAUDADES DA BAHIA (DORIVAL CAYMMI) 

Caymmi cantado pela cantora cubana radicada na Espanha.

J07 - LP,  - DORIVAL CAYMMI - THE VOICE AND GUITAR
Coletânea lançada para o mercado americano.

J08 - CD, 1978 - SARAH VAUGHAN - O SOM BRASILEIRO DE SARAH VAUGHAN
SARAH VAUGHAN - O SOM BRASILEIRO DE SARAH VAUGHAN

7. Roses and Roses

J09 - LP, 1974 - DORIVAL CAYMMI - O MAR - ISRAEL, 1974
1974 - O Mar (The Sea) Songs by Dorival Caymmi. Edição israelense onde vários cantores cantam a obra de Caymmi em hebraico.

TRIBUTOS

L02 - LP,  - PIERRE KOLMANN - MUSICA DE CAYMMI EM HI-FI
Pierre Kolmann é o pseudônimo adotado por Waldir Calmon, contratado pela Copacabana, para publicar em outras companhias.

L03 - LP, 1976 - GAL COSTA - GAL CANTA CAYMMI
Disco emblemático de uma geração e da carreira da cantora. Reverência que se torna referência.

L04 - LP, 1991 - PAULO MOURA - E OCILADOCE - INTERPRETA DORIVAL CAYMMI
Abordagem instrumental com um toque jazzístico visitando a obra do grande baiano.

L05 - CD,  - ANJOS DO INFERNO - BRASIL PANDEIRO
ANJOS DO INFERNO - BRASIL PANDEIRO. Os Anjos do inferno foram os primeiros a gravar "Você já foi à Bahia?", tornando-se um grande sucesso.

L08 - CD, 1993 - Dorival Caymmi vol 1. CD CDDC1
Em 1993 foi concluída a fase Dorival Caymmi do projeto de Songbooks da Editora Lumiar, onde vários grandes nomes da MPB visitam a obra de Caymmi. Também dois livros de partituras são lançados na ocasião. Uma festa da Música Brasileira comemorada com badalação.

L09 - CD, 2004 - CLAUDIO NUCCI - AO MESTRE COM CARINHO
CLAUDIO NUCCI - AO MESTRE COM CARINHO. Ex de Nana Caymmi faz homenagem ao patriarca.

L10 - CD, 2004 - NANA, DORI E DANILO - PARA CAYMMI
NANA, DORI E DANILO - PARA CAYMMI (Warner, 2004). Homenagem ao pai, pelos três filhos, três talentos musicais.

COLETÂNEAS E OUTROS CANTANDO CAYMMI

M01 - LP, 1975 - GABRIELA - TSO
Mais uma vez Gal Costa faz uma interpretação antológica da obra de Dorival Caymmi. 

5 Horas - Quarteto em Cy (Dorival Caymmi)

7 Modinha para Gabriela - Gal Costa (Dorival Caymmi)

13 Adeus - Walker (Dorival Caymmi)

GRAVURAS DE CAYMMI PARA SUAS CANÇÕES

N00 - ITEM, 1984 - CAYMMI - MARINA - REPRODUCAO DE GRAVURA FUNARTE 1984

N00 - ITEM, 1984 - CAYMMI - JOAO VALENTAO - REPRODUCAO DE GRAVURA FUNARTE 1984

N00 - ITEM, 1984 - CAYMMI - DORA - REPRODUCAO DE GRAVURA FUNARTE 1984

N00 - ITEM, 1984 - CAYMMI - MILAGRE - REPRODUCAO DE GRAVURA FUNARTE 1984

N00 - ITEM, 1984 - CAYMMI - RAINHA DO MAR - REPRODUCAO DE GRAVURA FUNARTE 1984

N00 - ITEM, 1984 - CAYMMI - O QUE E QUE A BAIANA TEM - REPRODUCAO DE GRAVURA FUNARTE 1984

N00 - ITEM, 1984 - CAYMMI - VATAPA - REPRODUCAO DE GRAVURA FUNARTE 1984

N00 - ITEM, 1984 - CAYMMI - VOU VE JULIANA - REPRODUCAO DE GRAVURA FUNARTE 1984

N00 - ITEM, 1984 - CAYMMI - A PRETA DO ACARAJE - REPRODUCAO DE GRAVURA FUNARTE 1984

N00 - ITEM, 1984 - CAYMMI - ROSA MORENA - REPRODUCAO DE GRAVURA FUNARTE 1984

CARTAZES

O01 - POSTER, 1991 - UM CERTO DORIVAL CAYMMI POSTER
Especial de TV de Aloísio Didier exibido em Dezembro de 1997 que transformou-se neste longa metragem exibido em 2000. Contém trechos do filme "Estrela da Manhã", de 1948, no qual Caymmi atua, e do especial de Andy Williams na TV americana NBC, de 1965, onde Caymmi canta sua "Das Rosas"

O02 - POSTER, 1972 - CAPITAES DA AREIA - filme com part de DORIVAL CAYMMI
WILD PACK é o filme de 1972, feito para o mercado norte-americano, baseado na obra de Jorge Amado, no qual Dorival Caymmi não só faz a trilha como participa como ator. Dorival Caymmi, Kent Lane

P06 - REVISTA, 1942 - REVISTA CARIOCA 1942
REVISTA CARIOCA 1942 - Após o sucesso de Carmen Miranda com "O que é que a Baiana tem?", o tema da baiana não mais se dissocia da sua imagem, e nem perde força, como se pode ver nessa brincadeira de sugestão de fantasia para o Carnaval, em revista de 1942.

LIVROS, REVISTAS, FILMES E ÁLBUMS DE 78 RPM

Q10 - LIVRO,  - A IMAGEM DO SOM DE DORIVAL CAYMMI
Exposição em que vários artistas plásticos mostram trabalhos inspirados na obra do velho baiano.

Q11 - LIVRO, 2001 - DORIVAL CAYMMI - O Mar e O Tempo
Dorival Caymmi - O Mar e O Tempo. Provavelmente a mais completa biografia sobre Dorival, escrita por sua neta Stella, filha de Nana.

VÍDEOS

Q12 - VHS, 1991 - UM CERTO DORIVAL CAYMMI
Especial de TV de Aloísio Didier exibido em Dezembro de 1997 que transformou-se neste longa metragem exibido em 2000. Contém trechos do filme "Estrela da Manhã", de 1948, no qual Caymmi atua, e do especial de Andy Williams na TV americana NBC, de 1965, onde Caymmi canta sua "Das Rosas"

V01 - DVD, 1997 - BANANAS IS MY BUSINESS - CARMEN MIRANDA
Biografia da cantora Carmen Miranda, inclui trecho do musical "Banana da Terra", com o número "O que é que a baiana tem?".

V02 - DVD, 2005 - CHICO BUARQUE - MEU CARO AMIGO
Caymmi e Chico em dueto para "Maricotinha".